quarta-feira, 20 de abril de 2011

"Aquilo"...."Isso"

Dúvida Permanente....Certeza passageira!

Do que me serve a existência , se pouco vivo em uma limitação?

Não por vezes, por minutos...Talvez promessas, há de ser!
"Aquilo" me fez bem, "Isso" me mostrou que não foi bem assim.
"Aquilo" parecia real...O "Isso" me ensinou a enxergar a doce ilusão.
"Aquilo" faz bem, enternece, ensina..."Isso" prepara e me tira a cegueira de ver somente o que se faz salvo.
 Entre "Aquilo" e "Isso" existe a distância quem sabe carinhosa do meu temido : Quem sabe?
Ah, mais se um dia chegar? O que fazer? Resistir, entregar, viver...Ressuscitar?
E aquilo parte, se despede...Descompleta!
E isso, preenche, vagarosamente, necessita ... Aconchega, reensina, revive!
No mundo dos sonhos irreais, amores a todo momento constroem sábias palavras...Lindos momentos!

Se chegar ao ponto onde crer e viver não se passam de termos meramente ilusórios, me vejo apenas em uma estrada certa de um caminho já traçado, onde vou de carona onde antes me satisfazia andar por mim só. Findada numa descrição de conceitos, conceituo apenas o vagar dispensável entre meu olhar perdido e a flecha certeira de rumos desconhecidos. Feita por uma sede saciável de amar, enxergo claramente que "Aquilo" é passado...E o "isso"?
Como explicar "Isso" que acontece, que me arrepia pés, alivia coração e atormenta alma...Apenas redescubro o que sei: "Isso" sou eu e o fim disso, só depende Do que o "Aquilo" me reserva.
                   Por que minha força, cresce da minha dúvida...E minha dúvida se alimenta dessa força!
                                                                                 
   (Por:Miquelinne Araujo)

Um comentário:

Denize disse...

zoia...como vc anda inspirada...hum!ta lindo..vc ta me saindo uma bela de uma escritora.