quinta-feira, 19 de maio de 2011

AUSÊNCIA...


Aos que longe estão, mas se fazem presente em mim: Denizia Souza e Elvis Lennon!
Me faz tão bem... (Elvis)
Minha Pequena(Denizia)


" A falta se faz, nos momentos em que realmente percebo o quanto são essenciais ( já o sabia, mas parece que a distância, prova isso cada vez mais forte).
Pedaços de um sentimento que mesmo existente, sempre está em reconstrução...E aumenta!
Já nem importa o quanto de "terra" nos separa, esse sentimento atravessa fronteiras...Ele vence essa cruel distância.
Estar perto se faz mais esperado, e conto dias, horas! Segundos tornam-se eternidades, minutos transformam-se em vilãs, e  o único conceito concreto que vejo, são fotos deixadas, de momentos juntos...De tão Lindos Sorrisos.
Um (Elvis Lennon), tem o dom de me fazer sorrir até quando lágrimas teimam em cair e com ele, aprendi o real sentido de ser feliz, aprendi a ser Louca( uma loucura que me faz tão bem)...Aprendi a respeitar o que cada um é, e assim, passei a me aceitar. Obrigado Meu Rei!
A outra(Denizia Souza), me ensinou a cativar, com um rosto de criança, palavras de mulher e a sabedoria de uma irmã, me guiou além dos passos que eu podia dar...E hoje me deixou aqui, andando sozinha, em busca de direção, num abismo onde procuro pelo abraço que me acalentava e agora se ausenta. Me mostrou que é de repente que se ama, me fez descobrir a alegria de errar e leva de mim, pedaços que só construi ao seu lado ( agora, falta vir me devolver). Obrigado Minha Nega, Te amo por todo sempre!
À eles, que talvez nem saibam que são "eles", mais se tornaram peças fundamentais num conceito imperfeito que se chama Miquelinne.
      Saudades Imensas♥
(Por: Miquelinne Araujo)

2 comentários:

Sandrio cândido. disse...

Querida Line
Fico assim lendo e percebendo que ainda existe amor nos passos de algumas pessoas, amor mesmo, sem esta busca pelo prazer que move o homem moderno. As pessoas a quem vc dedicou a mensagem devem está muito felizes em ler isto.
beijos querida
De seu
Sandrio Cândido

Miquelinne Araujo disse...

O amor que sinto por esses dois atravessa distâncias...Assim como o que sinto poe vc AMADO (o fato de nunca tê-lo visto, não me impede de te sentir )
Beijos...E lembre-se: O amor existe, existe mesmo, basta um olhar mais atento para senti-lo!