sexta-feira, 18 de março de 2011

Um sentir sem sentido


Um dia disseram-me, que quem ama, feliz será...Mas como? Como ser amado em um mundo que se recusa em dar e receber amor?  (♥)
 "Nesse fim de sonho, subestimo o poder imensurável de uma palavra ecoada ao vento do esquecer, onde outrora lembranças produziam inocentes gestos de uma simples felicidade...
Passos definidos de um eloquente caminhar, sem rumo, mas transformando poeira em combustível de chamas inacesas. Destinos remediados de uma solidão sofrida, onde choram corações completos de um amor sem fim.Secretamente, juras interminavéis são desfeitas num simples gesto de beijar...Aceitando o fim, de um inicio esperado. Entre abraços de um calor infinito...
Apenas, calor! De um sentido sem o "sentir" daquele que faz desses versos, o encontro mais esperado entre dois corações...!"

Um dia um amigo me disse:"Nesta sua caminhada que eu sei não será fácil.nunca,jamais afaste do seu coração a" VERDADE", pois para vencer nesta vida é preciso andar em verdade e ser justa na medida do possível". Nunca esquecerei tais palavras, de um significado imenso nesse meu errante existir. E essa é a minha verdade, é o caminho que meu coração continuará seguindo...Até onde for possível, até onde minhas forças me permitirem chegar!!   Um amigo Inesquecível...Obrigado pelos conselhos compartilhados! (Roberto Rocha, a cada dia aprendo mais com você)
                                     
   (Por:Miquelinne Araujo)

2 comentários:

Welligton Magalhães disse...

Confuso mas coerente, Um simples Paradoxo...

Miquelinne... disse...

Como o nome diz...Um sentir sem sentido!!
Eternos paradoxos de uma única certeza!!